Relatório de
Sustentabilidade 2014
A
A
×

Contato

×

Avalie este Relatório

Índice GRI

CONTEÚDO GERAL

Descrição Página/resposta Observação/Omissão Verificação Externa
ESTRATÉGIA E ANÁLISE
G4-1 Mensagem do presidente 9 Não
G4-2 Descrição dos principais impactos, riscos e oportunidades 13 Não
PERFIL ORGANIZACIONAL
G4-3 Nome da organização 4, 19 Não
G4-4 Principais marcas, produtos e/ou serviços 19, 20, 22, 23 Não
G4-5 Localização da sede da organização 19, 20 Não
G4-6 Países onde estão as principais unidades de operação ou as mais relevantes para os aspectos da sustentabilidade do relatório 19, 20, 22 Não
G4-7 Tipo e natureza jurídica da propriedade 19, 24 Não
G4-8 Mercados em que a organização atua 19, 20, 22, 23 Não
G4-9 Porte da organização 19 Não
G4-10 Perfil dos empregados 75 Não
G4-11 Percentual de empregados cobertos por acordos de negociação coletiva 100% dos empregados são abrangidos pela negociação do acordo coletivo de trabalho. Não
G4-12 Descrição da cadeia de fornecedores da organização A Chesf ainda não possui o monitoramento de toda a sua cadeia de fornecedores, mas essa é uma meta para os próximos anos. Não
G4-13 Mudanças significativas em relação a porte, estrutura, participação acionária e cadeia de fornecedores Não houve nenhuma mudança significativa. Não
G4-14 Descrição sobre como a organização adota a abordagem ou princípio da precaução Não relatado.
G4-15 Cartas, princípios ou outras iniciativas desenvolvidas externamente 37 Não
G4-16 Participação em associações e organizações 39, 62 Não
G4-EU1 Capacidade instalada discriminada por fonte primária de energia e por regime regulatório. 19, 20, 22, 23, 41 Não
G4-EU2 Descreva a energia de rede gerada pela planta em GWh ou GJ(em que calor é um produto secundário) Detalhar a descrição por fonte de energia primária e por regime regulatório 22, 49 Não
G4-EU3 Capacidade instalada discriminada por fonte primária de energia e por regime regulatório. 22 Não
G4-EU4 Comprimento das linhas de transmissão e distribuição, aéreas e subterrâneas, discriminadas por sistema regulatório. 20, 22, 23 Não
G4-EU5 Alocação de permissões (Subsídios) de emissões de equivalentes de CO2, discriminadas por estruturado mercado de créditos de carbono. 39 O indicador ainda não está estruturado para o relato conforme a especificação requerida. Não
ASPECTOS MATERIAIS IDENTIFICADOS E LIMITES
G4-17 Entidades incluídas nas demonstrações financeiras consolidadas e entidades não cobertas pelo relatório 19, 20, 22 Não
G4-18 Processo de definição do conteúdo do relatório 15 Não
G4-19 Lista dos temas materiais 15 Não
G4-20 Limite, dentro da organização, de cada aspecto material 15 Não
G4-21 Limite, fora da organização, de cada aspecto material 15 Não
G4-22 Reformulações de informações fornecidas em relatórios anteriores 15 Não
G4-23 Alterações significativas de escopo e limites de aspectos materiais em relação a relatórios anteriores 15 Não
ENGAJAMENTO DE STAKEHOLDERS
G4-24 Lista de grupos de stakeholders engajados pela organização 15 Não
G4-25 Base usada para a identificação e seleção de stakeholders para engajamento 15 Não
G4-26 Abordagem para envolver os stakeholders 15 Não
G4-27 Principais tópicos e preocupações levantadas durante o engajamento, por grupo de stakeholders 15 Não
PERFIL DO RELATÓRIO
G4-28 Período coberto pelo relatório 15 Não
G4-29 Data do relatório anterior mais recente 15 Não
G4-30 Ciclo de emissão de relatórios G4-31 Contato para perguntas sobre o relatório ou seu conteúdo 15 Não
G4-31 Contato para perguntas sobre o relatório ou seu conteúdo 15, 138 Não
G4-32 Opção da aplicação das diretrizes e localização da tabela GRI 15 Não
GOVERNANÇA
G4-33 Política e prática atual relativa à busca de verificação externa para o relatório 15 Não
G4-34 Estrutura de governança da organização 27, 28 Não
G4-35 Processo de delegação do mais alto órgão de governança para tópicos econômicos, ambientais e sociais 27, 28 Não
G4-36 Cargos e funções executivas responsáveis pelos tópicos econômicos, ambientais e sociais 27, 28 Não
G4-37 Processos de consulta entre stakeholders e o mais alto órgão de governança em relação aos tópicos econômicos, ambientais e sociais 15 Não
G4-38 Composição do mais alto órgão de governança e dos seus comitês 27, 28 Não
G4-39 Presidente do mais alto órgão de governança 27, 28 Não
G4-40 Critérios de seleção e processos de nomeação para o mais alto órgão de governança e seus comitês 27, 28 Não
G4-41 Processos de prevenção e administração de conflitos de interesse 29, 30 Não
G4-42 Papel do mais alto órgão de governança e dos executivos na definição de políticas e metas de gerenciamento de impactos 27, 28 Não
G4-43 Medidas tomadas para aprimorar o conhecimento do mais alto órgão de governança sobre tópicos econômicos, ambientais e sociais 33, 34, 35, 36 Não
G4-44 Processos de autoavaliação do desempenho do mais alto órgão de governança Indicador não reportado. Não
G4-45 Responsabilidades pela implementação das políticas econômicas, ambientais e sociais Diretoria Executiva e Conselho de Administração. Não
G4-46 Papel da governança na análise da eficácia dos processos de gestão de risco da organização para temas 33, 34, 35 Não
G4-47 Frequência com que o mais alto órgão de governança analisa impactos, riscos e oportunidades O Conselho de Administração se reúne mensalmente e extraordinariamente quando necessário. A pauta das reuniões inclui, além das deliberações necessárias, assuntos classificados como temas estratégicos, em que são apresentados pelos diretores da companhia o acompanhamento do Planejamento Estratégico, o desempenho econômicofinanceiro, a gestão de risco, o atendimento às exigências da Lei Sarbanes-Oxley (SOx) e o desempenho operacional da companhia. Não
G4-48 Mais alto responsável por aprovar formalmente o relatório de sustentabilidade e garantir a cobertura de todos os aspectos materiais Membros do Conselho de Administração e Diretoria Executiva. Não
G4-49 Processo adotado para comunicar preocupações críticas ao mais alto órgão de governança 29, 30 Não
G4-50 Natureza e número total de preocupações críticas comunicadas ao mais alto órgão de governança e soluções adotadas 29, 30 Não
G4-51 Relação entre a remuneração e o desempenho da organização, incluindo social e ambiental O indicador ainda não está estruturado para o relato conforme a especificação requerida. Hoje existe a informação sobre a Relação entre remuneração para membros do mais alto órgão de governança, diretoria executiva e demais executivos e o desempenho da organização. Não
G4-52 Participação de consultores (internos e independentes) na determinação de remunerações O indicador ainda não está estruturado para o relato conforme a especificação requerida. Não
G4-53 Consultas a stakeholders sobre remuneração e sua aplicação nas políticas da organização Não relatado. Não
G4-54 Relação proporcional entre o maior salário e a média geral da organização, por país Não relatado. Não
G4-55 Relação proporcional entre o aumento do maior salário e o aumento médio da organização, por país Não relatado. Não
ÉTICA E INTEGRIDADE
G4-56 Valores, princípios, padrões e normas de comportamento da organização 29
G4-57 Mecanismos internos e externos de orientação sobre ética e conformidade 29, 30
G4-58 Mecanismos internos e externos para comunicar preocupações sobre comportamentos não éticos 29, 30

CATEGORIA ECONÔMICA

Descrição Página/resposta Observação/Omissão Verificação Externa
DESEMPENHO ECONÔMICO
G4-DMA Forma de gestão 67
G4-EC1 Valor econômico direto gerado e distribuído 67, 69 www.chesf.gov.br > Investidores
G4-EC2 Implicações financeiras e outros riscos e oportunidades decorrentes de mudanças climáticas 13, 62 Não
G4-EC3 Cobertura das obrigações no plano de pensão de benefício Não relatado por não ter sido priorizado como tema material para este ciclo. Não
G4-EC4 Ajuda financeira significativa recebida do governo Em 2014, o Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Energia Elétrica (Luz para Todos) realizou 37.528 ligações que beneficiaram 187.640 pessoas no Nordeste Geoelétrico. No total foram investidos R$269.829.438,00 pelo Governo Federal. Não
PRESENÇA NO MERCADO
G4-DMA Forma de gestão 36, 41 Não
G4-EC5 Proporção entre o salário mais baixo da organização e o salário mínimo local, por gênero Não relatado por não ter sido priorizado como tema material para este ciclo. Não
G4-EC6 Contratação local 100% dos cargos de gerência são ocupados por empregados residentes na comunidade local. Não
IMPACTOS ECONÔMICOS INDIRETOS
G4-DMA Forma de gestão 48, 67, 75, 77, 82, 101 Não
G4-EC7 Impacto de investimentos em infraestrutura oferecidos para benefício público 48, 101 Não
G4-EC8 Descrição de impactos econômicos indiretos significativos 67, 75, 77, 82, 92 Não
PRÁTICAS DE COMPRAS
G4-DMA Forma de gestão 88 Não
G4-EC9 Políticas, práticas e proporção de gastos com fornecedores locais 89 Não
CONFIABILIDADE E DISPONIBILIDADE
G4-DMA Forma de gestão para assegurar a disponibilidade e confiabilidade do fornecimento de eletricidade acurto e longo prazo. 49, 50, 51 Não
G4-EU10 Capacidade planejada em MW, incluindo energia comprada e margens de reserva, para cada regime regulatório discriminadas para ambas as fontes de energia e por capacidade em construção; planejamento de investimentos futuros, incluindo compromissos assinados pela planta. 5, 19, 22, 49, 50, 51 Não
GERENCIAMENTO DO LADO DA DEMANDA
G4-DMA Programas de gerenciamento pelo lado da demanda, incluindo programas residencial, comercial, institucional e industrial. 41, 46 Não
PESQUISA E DESENVOLVIMENTO
G4-DMA Atividades e investimentos em pesquisa e desenvolvimento com o objetivo de disponibilizar eletricidade mais confiável e promover o desenvolvimento Sustentável. 57, 58, 59, 60, 61 Não
PLANOS DE DESCOMISSIONAMENTO
G4-DMA Provisão para descomissionamento de usinas nucleares. Não aplicável. Não
EFICIÊNCIA DO SISTEMA
G4-EU11 Eficiência média de geração de usinas termelétricas, discriminada por fonte de energia e por sistema regulatório. Não relatado, pois atualmente não há gestão deste Indicador. Ainda não possuímos medições específicas. Não
G4-EU12 Percentual de perda de transmissão e distribuição em relação ao total de energia. 45, 48, 50 As perdas elétricas totais em 2014 foram de 2,0%. Não

CATEGORIA AMBIENTAL

Descrição Página/resposta Observação/Omissão Verificação Externa
MATERIAIS
G4-DMA Forma de gestão 101, 112 Não
G4-EN1 Materiais usados, discriminados por peso ou volume 111 Não
G4-EN2 Percentual de materiais usados provenientes de reciclagem 111 Princípio 8, 9 – Pacto Global Não
ENERGIA
G4-DMA Forma de gestão 101, 112 Não
G4-EN3 Consumo de energia dentro da organização 113 Não
G4-EN4 Consumo de energia fora da organização Ainda não há gestão sobre essas informações. Não
G4-EN5 Intensidade energética Atualmente a Chesf não dispõe de metodologia adequada para retratar tal indicador. Não
G4-EN6 Redução do consumo de energia 112 Indicador não relatado. Não
G4-EN7 Reduções nos requisitos energéticos de produtos e serviços 112 Princípio 8, 9 - Pacto Global Não
ÁGUA
G4-DMA Forma de gestão 102, 112 Não
G4-EN8 Total de água retirada por fonte 103 Não
G4-EN9 Fontes hídricas significativamente afetadas por retirada de água Não existem fontes hídricas afetadas por retirada de água. Não
G4-EN10 Percentual e volume total de água reciclada e reutilizada 104 Princípio 8, 9 – Pacto Global Não
BIODIVERSIDADE
G4-DMA Forma de gestão 105 Não
G4-EN11 Localização e tamanho da área possuída 20, 22, 23 Todas as unidades de geração e transmissão. Não
G4-EN12 Impactos significativos na biodiversidade de atividades, produtos e serviços 105 Não
G4-EN13 Hábitats protegidos ou restaurados 106 Princípio 8 – Pacto Global Não
G4-EN14 Número total de espécies incluídas na lista vermelha da IUCN e em outras listas de conservação 106 Princípio 8 – Pacto Global Não
G4-EU15 Biodiversidade de habitats de compensação em comparação à biodiversidade das áreas afetadas. 105 Não
EMISSÕES
G4-DMA Forma de gestão 62, 64 Não
G4-EN15 Emissões diretas de gases de efeito estufa 64 Não
G4-EN16 Emissões indiretas de gases de efeito estufa provenientes da aquisição de energia 64 Não
G4-EN17 Outras emissões indiretas de gases de efeito estufa 64 Não
G4-EN18 Intensidade de emissões de gases de efeito estufa 64 Não
G4-EN19 Redução de emissões de gases de efeito estufa 64 Princípio 8, 9 – Pacto Global Não
G4-EN20 Emissões de substâncias que destroem a camada de ozônio A única fonte de emissão de sustâncias destruidoras da camada de ozônio existente na Chesf é um sistema de combate a incêndio instalado no prédio do COS, que utiliza o gás halon como agente extintor, o qual se encontra desativado. Não houve registro de vazamento no período coberto por este relatório. Não
G4-EN21 Emissões de NOx, SOx e outras emissões atmosféricas significativas 65, 109 Não
EFLUENTES E RESÍDUOS
G4-DMA Forma de gestão 102, 109 Não
G4-EN22 Descarte total de água, discriminado por qualidade e destinação 104 Princípio 8, 9 – Pacto Global Não
G4-EN23 Peso total de resíduos, discriminado por tipo e método de disposição 109 A Chesf dispõe de seus resíduos Classe I e Classe II A e B em conformidade com os dispositivos legais e normativos vigentes. Não
G4-EN24 Número e volume total de derramamentos significativos Em 2014 houve 1 vazamento de 15.000 m³ de óleo diesel na Usina Térmica de Camaçari, localizada no município de Dias D’Ávila, no km 21 da BA093. A Chesf comunicou o ocorrido ao órgão estadual de meio ambiente – Inema/ BA. Com a finalidade de remover todo o quantitativo de óleo diesel e minimizar os impactos ambientais provocados pelo derramamento desse material. Foram realizados todos os procedimentos técnicos e operacionais para a mitigação deste impacto. Não
G4-EN25 Peso de resíduos transportados considerados perigosos 109 Não
G4-EN26 Proteção e índice de biodiversidade de corpos d’água e hábitats 102 Não
PRODUTOS E SERVIÇOS
G4-DMA Forma de gestão 108, 109
G4-EN27 Iniciativas para mitigar os impactos ambientais 112, 115 Princípio 8, 9 – Pacto Global Não
G4-EN28 Percentual de produtos e embalagens recuperados, por categoria de produtos 109 Princípio 8, 9 – Pacto Global Não
CONFORMIDADE
G4-DMA Forma de gestão 31, 36, 95 Não
G4-EN29 Valor monetário de multas significativas e número total de sanções não monetárias aplicadas em decorrência da não conformidade com leis e regulamentos ambientais 119 Não
TRANSPORTES
G4-DMA Forma de gestão 65, 113 Não
G4-EN30 Impactos ambientais significativos decorrentes do transporte de produtos e outros bens e materiais usados nas operações da organização, bem como do transporte de seus empregados 65, 113 Princípio 8 – Pacto Global Não
GERAL
G4-DMA Forma de gestão 58 Não
G4-EN31 Total de investimentos e gastos com proteção ambiental 58, 118 Não
AVALIAÇÃO AMBIENTAL DE FORNECEDORES
G4-DMA Forma de gestão 88 Não
G4-EN32 Percentual de novos fornecedores selecionados com base em critérios ambientais 89 Por realizar suas aquisições através de licitações e obedecer legislação específica, a empresa não seleciona a proposta mais vantajosa somente por critérios ambientais. Não
G4-EN33 Impactos ambientais negativos significativos, reais e potenciais, na cadeia de fornecedores 89 A Chesf não realizou avaliações de fornecedores referente aos impactos ambientais. Entretanto, a Chesf solicita em seus editais de licitação que as empresas apresentem declaração de que não sofreu sanção decorrente de infração ambiental. Não

CATEGORIA SOCIAL – PRÁTICAS TRABALHISTAS E TRABALHO DECENTE

Descrição Página/resposta Observação/Omissão Verificação Externa
EMPREGO
G4-DMA Forma de gestão 75 Não
G4-DMA Programas e processos que asseguram a disponibilização de mão de obra qualificada 78 Não
G4-LA1 Número total e taxas de novas contratações e rotatividade de empregados 75 Principio 6 - Pacto Global Não
G4-EU15 Porcentagem de empregados com direito a aposentadoria nos próximos 5 e 10 anos, discriminada por categoria funcional e região. 84 Não
G4-EU17 Dias de trabalho dos terceirizados e subcontratados funcionários envolvidos na construção, operação e atividades de manutenção. A Chesf não possui empregados terceirizados permanentes e exclusivos, ou seja, não efetua contratações de cessão de mão de obra. São contratadas empresas para prestação de serviços por meio de licitação. Por esta razão não há controle de quantitativos de empregados e tempos de trabalho. Não
G4-EU18 Para trabalhadores terceirizados e subcontratados: na contratação é exigido, no Plano de Segurança do Trabalho, treinamento de pessoal com base na Portaria nº 3.214/78, do MTE e a Fiscalização acompanha a execução do Plano, que não contempla indicadores. Indicador não relatado. Não
G4-LA2 Comparação entre benefícios a empregados de tempo integral e temporários 78 Não
G4-LA3 Taxas de retorno ao trabalho e retenção após uma licença-maternidade/paternidade Todos os empregados que saíram de licença maternidade e/ou paternidade, em 2014, retornaram às suas atividades neste mesmo ano. Não
RELAÇÕES TRABALHISTAS
G4-DMA Forma de gestão 76 Não
G4-LA4 Prazo mínimo de notificação sobre mudanças operacionais Não há prazo estabelecido e está contemplado em acordo de trabalho. Não
SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO
G4-DMA Forma de gestão 85 Não
G4-LA5 Percentual dos empregados representados em comitês formais de segurança e saúde 85 Não
G4-LA6 Taxas de lesões, doenças ocupacionais e dias perdidos 85 Não
G4-LA7 Empregados com alta incidência ou alto risco de doenças relacionadas à sua ocupação O indicador ainda não está estruturado para o relato conforme a especificação requerida. Não
G4-LA8 Temas relativos a saúde e segurança cobertos por acordos formais com sindicatos O acordo coletivo de trabalho 2013/2015 (específico) contempla, dentre outras, cláusulas, que já estavam previstas no acordo de 2012, tais como: manutenção de comissões paritárias de saúde e segurança do trabalho, assegurando o funcionamento delas; implantação de um sistema integrado de gestão de segurança e saúde no trabalho, abrangendo todas as áreas operacionais e administrativas da empresa; discussão das ações desenvolvidas na comissão paritária de saúde e segurança no trabalho; investigação de acidentes fatais, através de comissão integrada, no mínimo por engenheiro de segurança e por representantes dos sindicatos; cumprimento da nr-10; garantia de condições adequadas de deslocamento para tratamento (médico ou fisioterápico) ao empregado vítima de acidente de trabalho através do fornecimento de transporte em condições adequadas para empregado acidentado; fornecimento de medicação necessária para tratamento do acidentado. Não
TREINAMENTO E EDUCAÇÃO
G4-DMA Forma de gestão 80 Não
G4-LA9 Média de horas de treinamento por ano 81 Não
G4-LA10 Programas para gestão de competências e aprendizagem contínua 81 Não
G4-LA11 Percentual de empregados que recebem análises de desempenho 84 Não
DIVERSIDADE E IGUALDADE DE OPORTUNIDADES
G4-DMA Forma de gestão 76 Não
G4-LA12 Composição dos grupos responsáveis pela governança e discriminação de empregados por categoria funcional 76 Principio 6 - Pacto Global Não
IGUALDADE DE REMUNERAÇÃO ENTRE MULHERES E HOMENS
G4-DMA Forma de gestão 76 Não
G4-LA13 Proporção de salário-base entre homens e mulheres, por categoria funcional e por unidades operacionais relevantes 77 Princípio 6 - Pacto Global Não
AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES EM PRÁTICAS TRABALHISTAS
G4-DMA Forma de gestão 89 Não
G4-LA14 Percentual de novos fornecedores selecionados com base em critérios relativos a práticas trabalhistas 90 Não
G4-LA15 Impactos negativos significativos, reais e potenciais, para as práticas trabalhistas na cadeia de fornecedores O indicador ainda não está estruturado para o relato conforme a especificação requerida. Não
MECANISMOS DE QUEIXAS E RECLAMAÇÕES RELACIONADAS A PRÁTICAS TRABALHISTAS
G4-DMA Forma de gestão Não relatado. Não
G4-LA16 Número de queixas e reclamações relacionadas a práticas trabalhistas registradas por meio de mecanismo formal O indicador ainda não está estruturado para o relato conforme a especificação requerida. Não

CATEGORIA SOCIAL - DIREITOS HUMANOS

Descrição Página/resposta Observação/Omissão Verificação Externa
NÃO DISCRIMINAÇÃO
G4-DMA Forma de gestão 75, 88 Não
G4-HR1 Número total e percentual de acordos e contratos de investimentos significativos que incluem cláusulas de direitos humanos ou que foram submetidos a avaliação referente a direitos humanos 88 Princípio 1, 2 - Pacto Global Não
G4-HR2 Número total de horas de treinamento de empregados em políticas de direitos humanos ou procedimentos relacionados a aspectos de direitos humanos relevantes para as operações da organização, incluindo o percentual de empregados treinados Indicador não relatado por não ter o tema priorizado para este ciclo. Não
NÃO DISCRIMINAÇÃO
G4-DMA Forma de gestão 76 Não
G4-HR3 Número total de casos de discriminação e medidas corretivas tomadas 76 Princípio 1, 6 - Pacto Global Não
LIBERDADE DE ASSOCIAÇÃO E NEGOCIAÇÃO COLETIVA
G4-DMA Forma de gestão 87 Não
G4-HR4 Grau de aplicação do direito de livre associação e operações e fornecedores identificados como de risco O indicador ainda não está estruturado para o relato conforme a especificação requerida. Princípio 1, 3 – Pacto Global Não
TRABALHO INFANTIL
G4-DMA Forma de gestão 88 Não
G4-HR5 Operações e fornecedores com risco de ocorrência de casos de trabalho infantil e medidas tomadas 88 Princípio 1, 5 - Pacto Global Não
TRABALHO FORÇADO OU ANÁLOGO AO ESCRAVO
G4-DMA Forma de gestão 88 Não
G4-HR6 Operações e fornecedores identificados com risco de trabalho forçado ou análogo ao escravo e medidas tomadas 89 Princípio 1,4 - Pacto Global Não
PRÁTICAS DE SEGURANÇA
G4-DMA Forma de gestão Não relatado. Não
G4-HR7 Porcentagem do pessoal de segurança submetido a treinamento nas políticas ou procedimentos da organização relativos a aspectos de direitos humanos que sejam relevantes às operações 81,3% Princípio 1, 2 - Pacto Global Não
DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS E TRADICIONAIS
G4-DMA Forma de gestão Não relatado. Não
G4-HR8 Número total de casos de violação de direitos de povos indígenas e tradicionais e medidas tomadas a esse respeito Não existe nenhuma ocorrência no ano de 2014. Os três casos que vem sendo tratados são referentes a ocorrências de anos anteriores. Não
AVALIAÇÃO
G4-DMA Forma de gestão 89 Não relatado. Não
G4-HR9 Número total e percentual de operações submetidas a análises de direitos humanos 93 Indicador ainda em processo de revisão da metodologia de apuração. Não
AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES EM DIREITOS HUMANOS
G4-DMA Forma de gestão 89 Não
G4-HR10 Percentual de novos fornecedores selecionados com base em critérios relacionados a direitos humanos 88 Princípio 1, 2 - Pacto Global Não
G4-HR11 Impactos negativos significativos, reais e potenciais, em direitos humanos na cadeia de fornecedores e medidas tomadas 89 Não
MECANISMOS DE QUEIXAS E RECLAMAÇÕES RELACIONADAS A DIREITOS HUMANOS
G4-DMA Forma de gestão 30, 88 Não
G4-HR12 Número de queixas e reclamações relacionadas a impactos em direitos humanos registradas, processadas e solucionadas 30, 90 Princípio 1 - Pacto Global Não

CATEGORIA SOCIAL – SOCIEDADE

Descrição Página/resposta Observação/Omissão Verificação Externa
COMUNIDADES LOCAIS
G4-DMA Forma de gestão 89, 91 Não
G4-SO1 Percentual de operações com programas de engajamento da comunidade local, avaliação de impactos e desenvolvimento local. 95 Não
G4-SO2 Operações com impactos negativos significativos, reais e potenciais, nas comunidades locais 91 Em 2014 os empreendimentos da Chesf não ocasionaram impactos significativos nas comunidades locais. Não
G4-EU19 Participação de stakeholders em processos decisórios relacionados a planejamento energético de desenvolvimento de infraestrutura. 93 Não
G4-EU20 Abordagem para gestão de impactos de deslocamento. 93 Não
G4-EU22 Identificar o número de pessoas físicas e economicamente deslocadas por grandes projetos, discriminados por tipo de projeto (p. ex: expansão da planta, novas instalações, novas linhas de transmissão). 93 Não
COMBATE À CORRUPÇÃO
G4-DMA Forma de gestão 31 Não
G4-SO3 Unidades submetidas a avaliações de riscos relacionados à corrupção Como parte do Programa de Compliance, a ser implantado em 2015, está previsto o levantamento das áreas mais vulneráveis ao risco de fraude e corrupção.
G4-SO4 Percentual de empregados treinados em políticas e procedimentos anticorrupção Houve treinamento fornecido pela CGUSP em set/2014 com a participação de 3 funcionários da Chesf. Não
G4-SO5 Casos confirmados de corrupção e medidas tomadas Em 2014 não foram identificados rompimentos ou não-renovação de contratos como medida tomada em resposta a casos de corrupção. Com relação ao item “Demissão ou punição de colaboradores”, 3 Comissões de Sindicância sobre indícios de corrupção concluíram seus trabalhos em 2014, sendo: - uma encerrada sem indicação de materialidade e autoria, caracterizando inocência dos empregados envolvidos;- uma, resultou na demissão por justa causa de um empregado; e - uma, resultou em suspensão de 15 dias para um empregado. Não
POLÍTICAS PÚBLICAS
G4-DMA Forma de gestão Não relatado. Não
G4-SO6 Valor total de contribuições para partidos políticos e políticos, discriminado por país e destinatário/beneficiário É vedada a contribuição e apoio a partidos e campanhas políticas. Não
CONCORRÊNCIA DESLEAL
G4-DMA Forma de gestão Não relatado.
G4-SO7 Número total de ações judiciais movidas por concorrência desleal, práticas de truste e monopólio e seus resultados Não houve registro no Jurídico Sede e Regionais sobre os questionamentos objeto do Relatório de Sustentabilidade 2014 da Chesf.
CONFORMIDADE
G4-DMA Forma de gestão 31, 36 Não
G4-SO8 Valor monetário de multas significativas e número total de sanções não monetárias aplicadas em decorrência da não conformidade com leis e regulamentos Não foram registradas sanções não monetárias resultantes de não conformidades com leis e regulamentos. Não
AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES EM IMPACTOS NA SOCIEDADE
G4-DMA Forma de gestão 88 Não
G4-SO9 Percentual de novos fornecedores selecionados com critérios de impactos na sociedade 92 A Chesf não submeteu seus fornecedores a avalições de impacto na sociedade. Não
G4-SO10 Impactos negativos significativos, reais e potenciais, da cadeia de fornecedores na sociedade e medidas tomadas 89, 91, 92 Não
MECANISMOS DE QUEIXAS E RECLAMAÇÕES RELACIONADAS A IMPACTOS NA SOCIEDADE
G4-DMA Forma de gestão 30 Não
G4-SO11 Queixas relacionadas a impactos na sociedade registradas, processadas e solucionadas por meio de mecanismo formal 30 Não
PLANEJAMENTO E RESPOSTA PARA DESASTRES E EMERGÊNCIAS
G4-DMA Planejamento de medidas de contingência, programas de treinamento e plano em gestão de emergências e desastres, e planos de recuperação e restauração 115 Não

CATEGORIA SOCIAL – RESPONSABILIDADE PELO PRODUTO

Descrição Página/resposta Observação/Omissão Verificação Externa
SAÚDE E SEGURANÇA DO CLIENTE
G4-DMA Forma de gestão 97 Não
G4-PR1 Avaliação de impactos na saúde e segurança durante o ciclo de vida de produtos e serviços Não aplicável. Não
G4-PR2 Não conformidades relacionadas aos impactos causados por produtos e serviços Não aplicável. Não
G4-EU25 Número de acidentes e óbitos de usuários do serviço envolvendo bens da empresa, entre os quais decisões e acordos judiciais, além de casos judiciais pendentes relativos a doenças. 97 Foram 47 acidentes sem nenhum óbito ocorrido e 4 ações judiciais envolvendo acidente de trânsito que estão sendo acompanhadas pelos órgãos jurídicos das regionais envolvidas. Não
ROTULAGEM DE PRODUTOS E SERVIÇOS
G4-DMA Forma de gestão Não aplicável. Não
G4-PR3 Tipo de informação sobre produtos e serviços exigido por procedimentos de rotulagem Não aplicável. Não
G4-PR4 Não conformidades relacionadas à rotulagem de produtos e serviços Não aplicável. Não
G4-PR5 Resultados de pesquisas 97 Não
COMUNICAÇÕES DE MARKETING
G4-DMA Forma de gestão 62, 95, 114, 115 Não
G4-PR6 Venda de produtos proibidos ou contestados Não aplicável. Não
G4-PR7 Casos de não conformidade relacionados à comunicação de produtos e serviços Não aplicável. Não
PRIVACIDADE DO CLIENTE
G4-DMA Forma de gestão 97 Não
G4-PR8 Total de queixas comprovadas relativas a violação de privacidade e perda de dados de clientes A Chesf não tem registro de número total de reclamações comprovadas relativas à violação de privacidade e perda de dados. Não
CONFORMIDADE
G4-DMA Forma de gestão 97 Quase 100% das multas relacionadas a este indicador no ano de 2014, refere-se a multas por não conformidade com o Fornecimento de Energia Elétrica, portanto, emitidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A Chesf com o intuito de melhorar o controle da gestão dos termos de notificação e autos de infração emitidos pela ANEEL, emitiu a Instrução Normativa (IN –AS.08.001) que detalha a forma de Gestão, estabelecendo os papéis e responsabilidades das áreas envolvidas no processo. A Coordenadoria de Regulação – CRG, com apoio do Departamento Jurídico – DJU participam do recebimento e atendimento aos questionamentos da ANEEL. De posse do resultado do julgamento o Presidente da Companhia autoriza o pagamento e encaminha para Diretoria EconômicoFinanceira-DF. A Superintendência Econômico Financeira confere os valores e efetua o pagamento. Tais valores ficam registrados no Sistemas de Gestão EconômicoFinanceiro - GEF e de Contabilidade da Companhia. Quando do preenchimento das informações relativas a este indicador é realizado o levantamento dessas multas diretamente dos sistemas acima referidos, destacando aquelas que atingirem ou ultrapassarem 1% (um por cento) da Receita Operacional Líquida – ROL. Não
G4-PR9 Valor monetário de multas significativas por não conformidade com leis e regulamentos relativos ao fornecimento e uso de produtos e serviços R$ 36.780.437,87
Tal multa refere-se a um processo do Apagão ocorrido em 2011.
Não
ACESSO
G4-DMA Programas, inclusive aqueles em parceria com o governo, visando melhorar ou manter o acesso a eletricidade e serviço de assistência ao consumidor. 91 Não
G4-EU26 Percentual da população não atendida em áreas com distribuição ou serviço regulamentados. Não aplicável. Não
G4-EU27 Número de desligamentos residenciais por falta de pagamento, discriminados por duração do desligamento e por sistema regulatório. Não aplicável. Não
G4-EU28 Frequência das interrupções no fornecimento de energia (FEC). 46 Não
G4-EU29 Duração média das interrupções no fornecimento de energia (DEC). 46 Não
G4-EU30 Fator de disponibilidade média da usina, discriminado por fonte de energia e por sistema regulatório. 47, 48 Não
PROVISÃO DE INFORMAÇÃO
G4-DMA Práticas utilizadas para endereçar barreiras relacionadas a linguagem, cultura, baixa escolaridade e deficiências para acesso e uso seguro de eletricidade e serviços de apoio ao consumidor Não aplicável. Não