Relatório de
Sustentabilidade 2014
A
A
×

Contato

×

Avalie este Relatório

Investimentos em Sociedade de Propósito Específico (SPE)

Em 2014, os investimentos realizados nas Sociedades de Propósito Específico (SPE) totalizaram R$ 1.478 milhões, um crescimento de 25% quando comparado a 2013. Esse incremento se deu especialmente em razão dos aportes de recursos realizados nas 34 novas SPEs constituídas, resultantes dos leilões de geração da Aneel realizados no segundo semestre de 2013. No período 2010 a 2014, a Taxa de Crescimento Anual Composta (CAGR) foi de 50,4%.

CAGR +50,4%

A área de geração dos empreendimentos recebeu investimentos de R$ 1.059 milhões. Nos projetos eólicos, R$ 508 milhões foram aplicados nas 40 sociedades em fase de implantação. Já nos empreendimentos hidráulicos, foram dispendidos R$ 551 milhões. A Chesf possui participações em empreendimentos de geração, por meio de SPE, em um total de 16.659,5 MW, correspondentes a 3.094,45 MW. Já na área de transmissão, em 2014 a Chesf investiu R$ 419milhõesnos empreendimentos em parceria, alcançando um total de 5.296,5 km.

Também em 2014, por meio da UNISE, a Chesf promoveu a 1ª Ação Educacional “Governança Corporativa para Conselheiros de Administração e Conselheiros de SPE”. Esse treinamento teve como públicoalvo os Conselheiros de Administração e Conselheiros de SPE, o primeiro nível gerencial da empresa e empregados que mantém relacionamento com as SPEs. O objetivo foi ampliar a compreensão dos objetivos, missão, princípios e boas práticas de governança, em conformidade com os aspectos e exigências regulatórias que compõem a estrutura inicial e a base do desenvolvimento do Sistema de Governança Corporativa da companhia, criando um ambiente propício para sua consolidação e excelência.

Gerenciamento das SPEs

A Chesf procura acompanhar cada vez mais de perto o desempenho das SPEs, avaliando seus planos de negócio, assim como a análise da carteira de participações e o monitoramento do desempenho físico, econômico-financeiro, operacional. Para auxiliar nesse trabalho e coordenar todo esse processo de gestão, a presidência da companhia irá criar em 2015 a Coordenadoria de Gestão de Participações (CGP), que terá um papel importante na análise estratégica dos resultados das participações acionárias, consolidando indicadores para acompanhamento e controle da Alta Administração. Além disso, a nova coordenadoria atuará como elo de ligação com as SPEs, funcionando como uma matriz de relacionamento entre as demais áreas de negócio envolvidas no processo.

Energética Águas da Pedra S.A.

LocalAripuanã/MT
Mw (*)261,00
Participação24,5%
Mw Equiv.63,95
Início de Operação01/08/2011

ESBR Participações S.A. Porto

LocalVelho/RO
Mw (*)3.750,00
Participação20,0%
Mw Equiv.750
Início de Operação01/09/2013

Norte Energia S.A.

LocalAltamira/PA
Mw (*)11.233,10
Participação15,0%
Mw Equiv.1685
Início de Operação01/11/2015

Companhia Energética SINOP S.A.

LocalSinop/MT
Mw (*)400,00
Participação24,5%
Mw Equiv.98
Início de Operação01/01/2018

Complexo Eólico Sento Sé I

LocalSento Sé/BA
Mw (*)90,00
Participação49,0%
Mw Equiv.44,1
Início de Operação01/03/2013

Complexo Eólico Sento Sé II

LocalSento Sé/BA
Mw (*)89,10
Participação49,0%
Mw Equiv.43,65
Início de Operação01/09/2015

Complexo Eólico Sento Sé III

LocalSento Sé/BA
Mw (*)51,30
Participação49,0%
Mw Equiv.25,13
Início de Operação01/05/2018

Complexo Eólico Cruz

LocalCeará
Mw (*)111,00
Participação49,0%
Mw Equiv.54,39
Início de Operação01/01/2016

Complexo Eólico Chapada do Piauí I

LocalMarcolândia, Caldeirão Grande e Simões/PI
Mw (*)210,00
Participação49,0%
Mw Equiv.102,9
Início de Operação01/09/2015

Complexo Eólico Chapada do Piauí II

LocalMarcolândia, Caldeirão Grande e Simões/PI
Mw (*)180,00
Participação49,0%
Mw Equiv.88,2
Início de Operação01/01/2016

Complexo Eólico Chapada do Pindaí I

LocalPindaí/BA
Mw (*)102,00
Participação49,0%
Mw Equiv.49,98
Início de Operação01/09/2015

Complexo Eólico Chapada do Pindaí II

LocalPindaí/BA
Mw (*)38,00
Participação49,0%
Mw Equiv.18,62
Início de Operação01/01/2016

Complexo Eólico Chapada do Pindaí III

LocalPindaí/BA
Mw (*)24,00
Participação49,0%
Mw Equiv.11,76
Início de Operação01/05/2018

Complexo Eólico Serra das Vacas

LocalSaloá/PE
Mw (*)120,00
Participação49,0%
Mw Equiv.58,8
Início de Operação01/01/2016

Potência Total e Equivalentes da Chesf em SPE

16.659,50

Capacidade Total dos empreendimentos hidroelétricos em parceria

15.644,1 MW

Capacidade Total dos empreendimentos eólicos em parceria

1.015,4 MW

(*) Em algumas SPE pode haver ajuste na potência total instalada.

Transmissão

Sistema de Transmissão Nordeste S.A. - STN

EMPREENDIMENTOLT 500 KV Teresina II – Sobral III – Fortaleza II, SE Teresina II, SE Sobral III, SE Fortaleza II
LOCALCE/PI
km546
PARTICIPAÇÃO49,0%
km Equiv.268
INÍCIO DE OPERAÇÃO01/01/2006

Integração Transmissora de Energia S.A. - INTESA

SPE LT 500 kV Colinas – Miracema, LT 500 kV Miracema – Gurupi
LT 500 kV Gurupi – Peixe II, LT 500 kV Peixe II – Serra da Mesa II, SE Peixe II, SE Serra da Mesa II
EMPREENDIMENTOTO/GO
LOCAL695
km12,0%
km Equiv.83
INÍCIO DE OPERAÇÃO01/05/2008

Manaus Transmissora de Energia S.A.

SPELT 500 KV Oriximaná – Itacoatiara
LT 500 kV Itacoatiara – Cariri
SE Itacoatiara 500/138 kV, SE Cariri 500/230 kV
EMPREENDIMENTOPA/AM
LOCAL559
km19,5%
km Equiv.109
INÍCIO DE OPERAÇÃO01/03/2013

Interligação Elétrica do Madeira

SPELT 600kV Porto Velho – Araraquara II
Estação Retificadora – 500/600 kV – 3150 MW
Estação Inversora – 600/500kV – 2950 MW
EMPREENDIMENTORO/MT/MS/SP
LOCAL2.375
km24,5%
km Equiv.582
INÍCIO DE OPERAÇÃO01/05/2014

Transmissora Delmiro Gouveia S.A. - TDG

SPELT 230 kV São Luís II - São Luís III
SE Aquiraz II e SE Pecém II (em operação)
EMPREENDIMENTOMA/CE
LOCAL156
km49,0%
km Equiv.76
INÍCIO DE OPERAÇÃO85% em Operação - SE Aquiraz II - Dezembro/ 2013; SE Pecém II - Janeiro/2014 LT 230 kV São Luís II - São Luís III - Previsão

Interligação Elétrica Garanhuns S.A. - IEG

SPELT 500 KV Luis Gonzaga – Garanhuns, LT 500 KV Garanhuns – Campina Grande III, LT 500 KV Garanhuns – Pau Ferro, LT 230 KV Garanhuns – Angelim I, SE Garanhuns, SE Pau Ferro
EMPREENDIMENTOPE/PB
LOCAL666
km49,0%
km Equiv.326
INÍCIO DE OPERAÇÃOPrevisão para Julho/2015.

Extremoz Transmissora do Nordeste S.A. – ETN

SPELT 500kV Ceará Mirim – João Câmara II, LT 500kV Ceará Mirim – Campina Grande III, LT 230kV Ceará Mirim – Extremoz II, LT 230kV Campina Grande III – Campina Grande II, S LT 230kV J. Camara II – Extremoz – Ceará Mirim Secc. LT 230kV C. Grande II - Extremoz II, SE João Câmara II, SE Campina Grande III, SE Ceará Mirim
EMPREENDIMENTOPB/RN
LOCAL300
km49,0%
km Equiv.147
INÍCIO DE OPERAÇÃOPrevisão para Abril/2015

Total de Linhas de Transmissão em operação – SPE

4.175,00
KM
1.041,80
KM EQUIV.

Total de Linhas de Transmissão em construção – SPE

1.121,50
KM
549,50
KM EQUIV.

Total Geral

5.296,50
KM
1.591,30
KM EQUIV.
Desempenho Operacional
Desempenho Operacional